sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Ser mãe é

... não voltar a enterrar os dentes numa coxa de frango até que os filhos cresçam e saiam de casa.

27 comentários:

Lala disse...

eu enterro. e ela também. é tipo concurso.

Maggy disse...

Ainda bem que a minha mãe não gosta de coxas de frango!

Cat disse...

Ainda bem que só gosto das asas.

sophia disse...

epá, ser irmã e prima mais velha também é isso!:D

@na disse...

foi a pensar nas mães que as grandes superfícies criaram as embalagens só com coxas, os srs das churrasqueiras é que andam desactualizados.

Fresco_e_Fofo disse...

Não, é organizar a vida de modo a que haja coxas de frango para todos e se não houver, comem-se asas. Mas pelo menos comem todos pela mesma medida loool.

Hyndra disse...

Demorei algum tempo a perceber o que é que raio querias dizer com isto. E heis que fez-se luz. Falas dos sacrifícios que a maternidade exige em vários aspectos... :D

Pinkk Candy disse...

a mim ainda não se fez luz lol

será por não gostar das coxas de frango, mas só do peito de frango?

anouc disse...

Pinkk, é como disse a Hyndra. No teu caso gostas de peito, mas as coxas sempre foram a parte mais popular do frango. Normalmente é a que os miúdos preferem (e exigem, sacanas. :|)

Jo disse...

E eu que gosto é de coxas de frango... :X

Pinkk Candy disse...

às vezes ando mesmo a carvão...
agora percebi. eu quando era pequena também só comia as coxas, e queria as quatro, pois pensava que a galinha tinha 4 pernas como um cão.
pronto já me envergonhei :|

vou ali beber mais um café a ver se isto melhora ;)

Cat disse...

Podes sempre esconder as ditas coxas e dizer-lhes que o frango era aleijadinho.

(é fácil pensar numa maldade destas quando não se tem crias...)

Tulipa disse...

Fizeste-me lembrar a luta cá em casa pelos peitos de frango :) tinham que ser sempre frangos a dobrar para agradar a todos...uma técnica para voltares a comer coxas é desfiar o frango, só não tem a mesma graça :)
Olha, sabes que mais, aguenta-te! :)

Brown Eyes disse...

ahahahah será que é o que deves fazer? Privares-te do que gostas por eles? Se eles reconhecessem o teu sacrificio sim se não o melhor é ser à vez: um dia para ti, outro para eles. Assim ensina-lhes a partilhar, coisa que os miúdos hoje não sabem fazer. Beijinhos

meldevespas disse...

Agora sim, falasteS e dissesteS!! É que é assim tal e qual. Aliás quando há frango na ementa, a primeira pergunta (estupide eu sei..) é : quantas pernas há?....

MissGummyBear disse...

Verdade verdadinha. EU papava-as todas.

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
Hummm, não aprecio coxas da dita cuja (galinha), mas só essas.

Maxwel Quintão disse...

isso aplica-se apenas as mães ou os pais também estão incluídos?

johnny disse...

Nunca esqueçam a importância de dizer não a uma criança. Para o bem delas, convém dizer não. As coxas de frango parecem-me uma boa oportunidade.

Lazy Cat disse...

Eu queixo-me é de nunca poder comer as minhas torradas em paz, tenho de estar sempre a ouvir "quero pão com manteiga" "pão com manteiga!" às ainda tem a boca cheia e já está a pedir mais.

Pronúncia disse...

E um sistema de rotatividade?! Não?!...

Mary Jane disse...

Eu gosto é de peitos e nem sequer sou grande apreciadora de frango, por isso essa nunca será a minha definição de ser mãe :D

M.G. disse...

aqui em casa é mais ou menos isso xD
Mas ela come mais peito, por isso!

S* disse...

E viva o egoísmo. :P

.Kel. disse...

Nem gosto das coxas! Prefiro o peito :P

Louise disse...

Infelizmente (sim... isso mesmo) eu ainda posso comer todas as coxas de frango que quiser.

Elsa disse...

Eu sou uma Moça mais de peito...Se algum Tiver Filhos, eles que roam as coxas e tal!