terça-feira, 7 de maio de 2013

E quando assistir a uma novela se torna doloroso? (ou de como todos temos um pouco de masoquista em nós)


Temos uma nova geração de actores muito heterogénea, e ainda bem. Poderiam ser todos péssimos.
Tive de googlar "elenco dancing days" para chegar ao nome deste rapazinho, que eu pessoalmente considero um péssimo actor. Devo acrescentar ao meu fidedigno testemunho, que este sujeito de seu nome Sisley Dias tem a mesma intensidade dramática de tractor. Um tractor avariado e atulhado numa poça de lama. Há 5 anos. Já assim todo cheio de ferrugem. Sucata mesmo.
Eu não sei como é que estes miúdos conseguem chegar onde chegam. Faz-me mesmo tremenda confusão. Começo a achar que para se passar nos castings basta decorar o papel. Ou ser mais ou menos giro. Qualquer coisa assim.


12 comentários:

Laura Ferreira disse...

Infelizmente acho que basta ter um palminho de cara e um de corpo...

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Acho que basta mesmo ser o mais giro/gira.

Teresa disse...

Como disse há muitos anos um crítico teatral da Broadway depois de ter visto Katharine Hepburn em cena, numa crítica hoje célebre: "Miss Herpburn's range of emotions go from A to B". Eu própria só comecei a gostar dela nos papéis que fez a partir da meia-idade, antes achava-a sempre igual.
Mais vale cair em graça do ser engraçado. Ninguém tem tantos Oscars como actriz principal. Meryl Streep mereceria quantos? Uns oito ou nove?

Arisca disse...

Então mas só agora é que começaste a ver novelas? Isso já é assim há pelo menos uma década! :)

anouc disse...

Arisca... por acaso, a última que vi foi a "Ninguém como Tu". Já lá vão uns anos valentes.. e antes disso, estive uns 20 anos sem ver nada.

francisco disse...

Ou ambos ;)

Mak, o Mau disse...

Eu tive que pesquisar primeiro Dancin Days. Ou They say days ou seja lá como se chama esse novo aquário de "revelações"...

Arisca disse...

Então está explicada a tua revolta. E não te tiro a razão.

Alma Perdida disse...

Giro como sou podia muito bem ser um Sisley Dias, mas em bom.

grassa disse...

Eu cá sou como como o meu pénis: feio, mas útil e competente.

Petra disse...

Eu só gosto das novelas brasileiras da globo.

Manu World disse...

pois.....