sexta-feira, 26 de abril de 2013

Ser mãe é

ter de reaprender a fazer contas de dividir, 28 anos depois de me julgar livre destes stresses para o resto da vida. Curiosamente, rara é a pessoa que ainda as sabe fazer. Sei disto porque eu perguntei a uma data de gente "Olha lá... sabes fazer contas de dividir? Ensinas-me?". A resposta foi invariavelmente um "Contas de quê? Ahahahahahah! Onde isso já vai...!". 
Ver-me assim desesperada (perante as ameaças da professora de que a minha filha "é das poucas que ainda não percebeu nada daquilo, e como a posso passar de classe assim? E como será para o ano? É que não lhe entra na cabeça...!"), forçou-me a tomar medidas drásticas. Engalfinhei-me no Youtube e não saí de lá até saber fazer as malditas contas. Cheguei a casa, de peito inchado, toda valente e em dez minutos (DEZ MINUTOS!!) ensinei a miúda a fazer as equações. Em vinte, errou uma. 
Não estou a dizer que a professora não saiba ensinar... nada disso... afinal, 90% da turma aprendeu a matéria sem qualquer problema. O que estou a dizer é que todas as crianças são diferentes e com diversos níveis de capacidade de aprendizagem. Bastou eu alterar o vocabulário da explicação e carregar a coisa com muito amor de mãe.
Acho que há muito professores que rotulam demasiado rapidamente crianças como "alunos com dificuldades de aprendizagem", em vez de olharem para si mesmos como "professores com alguma dificuldade em ensinar".

9 comentários:

pastora disse...

os miudos é que estão sempre errados. às vezes podem estar, sim, mas não custa nada botar o dedinho na consciência e pensar nos seus métodos de ensino.

A Madeirense disse...

Eu também me vi à nora para fazer contas de dividir para passar um número para representação binária.

Fiquei a olhar para aquilo durante uns minutos a pensar: como raio resolvo isto ?!

E a internet acabou por me tirar a dúvida.

O Sexo e a Idade disse...

Agora é que tocaste na ferida!
Quantos e quantos professores absolutamente incapacitados para a arte de ensinar por aí andam a comprometer para todo o sempre a aprendizagem dos miúdos que depois vêm a achar-se menos inteligentes que os outros ou então põem de uma vez a (neste caso e no meu caso) Matemática de parte?

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Acho que tens razão, nunca tive qualquer dificuldade, pelo contrário, em criança perdia-me porque os professores continuavam a falar do mesmo e eu já estava noutra há muito tempo. Todas as crianças são diferentes, e a menos que tenham problemas cognitivos, todas podem aprender.

Jo disse...

Eu, que sempre gostei de Matemática, nunca morri de amores pelas contas de dividir. Mas enfim, acho que ainda me safo.

Mammy disse...

Não podia estar mais de acordo!

Ana Ricardo disse...

Muito bem dito! É que é mesmo isso!

Petra disse...

Detestava essas contas!
Mas tens razão, os professores as vezes rotulam as crianças e até as prejudicam.

Maria Bê disse...

Quando tiveres destas dúvidas vai ao site da Khan academy, é fenomenal. Tens aritmética, álgebra, equações, tudo e tudo e tudo. Por favor vai ver!!!!
Sorriso!

P.S. Eu sei, e com virgulas!!!