terça-feira, 14 de agosto de 2012

Agora já sei porque é que a Maria queria tanto ir para Bruges

rais parta que aquilo é tudo tão lindo que até faz doer as vistas. Se bem que o que me marcou mais nem foi tanto a beleza da cidade medieval, mas sim o passeio de barco pelos canais. Não por ter sido um passeio de uma beleza extraordinária, mas sim por ter começado a chover torrencialmente a meio do percurso. A malta deixou Bruges ensopada e em pré estado de hipotermia. 
 De tudo o que se fez na Bélgica, o mais atlético foi descer o rio Dinant de caiaque (onde a malta percebeu que enfiar-se pelos arbustos adentro das margens pode aleijar um bocado), e um passeio de trinta e tal km de bicicleta que parece muito, mas que na realidade não custa nada porque o terreno é completamente plano. 
Há quintas de cultivo por todo o lado. Cercas com vacas, ovelhas, cavalos, póneis e até (caramba) veados. E é tudo verde, verde, verdeeeeeeeee.
O tempo é uma desgraça. Convida à depressão o mais optimista dos seres. Em pleno Agosto só não levei com chuva na tola durante dois dias. Todo aquele verde tem esse preço, quanto a mim, demasiado elevado.
Em Bruxelas assisti ao atendimento mais antipático que vi na vida (incluindo filmes de Hollywood) numa lojinha de waffles. Só faltou à miúda que estava a atender chibatear os clientes, e só me faltou a mim esfregar-lhe o waffle cheio de chantilly nas trombas.
Fiquem também a saber que na Bélgica, em 95% dos casos, ninguém entra numa casa de banho sem pagar uma média de trinta a cinquenta cêntimos. Até no McDonald's e estações de comboio pá! 
E pronto. Ide visitar. Ide e rejubilai (e levai bastantes trocos no bolso).


10 comentários:

Bernardo disse...

Gostei

S* disse...

Graças a Deus nos três dias em que estive em Bruxelas não choveu... só apanhei chuviscos no último dia. Bruges, segundo me disseram, é fascinante.

Vic disse...

A voltinha pelos canais de Bruges é realmente muito bonita, até porque a pé, há muitos pormenores que nunca se veriam. Já quanto à simpatia, tens razão, não são assim muito simpáticos.
E sobre o tempo, até o Brel se queixava :)

Nia disse...

gostei mto também, a bélgica tem cidades lindíssimas mas realmente não prima por ser acolhedora - habitantes e clima

Manu World disse...

estranho...eu fui aos wc's em bruxelas, e n paguei 1 tusto....
:)

Barroca disse...

gostei do fds que fui a bruxelas em trabalho mas ficou muito por ver; fiquei curiosa em ver bruges.

(só se perdia o chantily que caísse no chão)

anouc disse...

Manu, nós pagamos em praticamente todo o lado. Até num parque de diversões onde já tínhamos pago bilhete para entrar. :|

Petra disse...

Fiquei curiosa.

Bimby disse...

Como compreendo cada palavra!
Estou a viver temporariamente em Bruxelas (por 1 ano) e conto os dias que faltam (165!) para me por a andar de volta para o nosso Portugalinho: "Pobrete mas Alegrete"

Alfacinha de Portugal disse...

Por acaso já lá estive mas foi de rapidinha. Recordo os tons verdes, amarelos, vermelhos e outonais, a estação de comboios, a charrete e tive de ir embora!

Pessoas e atendimento: estranhos! Muito estranhos... Tive de comprar o "verdadeiro" chocolate Belga não é?

Atendimento da rapariga: estranho! Muito estranho...