sábado, 10 de setembro de 2011

Sacos de pão pendurados nas portas, cancelas e portões

Coisas que ainda vimos na aldeia onde moro, se nos levantarmos bem cedo, e que me dão uma enorme sensação de paz. Não sei explicar bem porquê.

14 comentários:

Lazy Cat disse...

Compreendo-te perfeitamente. Não moro propriamente numa aldeia, mas ainda vejo disso aqui às vezes (embora já vá sendo raro).

É o à vontade, a sensação de que está tudo bem, da confiança entre as pessoas e da normalidade dos hábitos de há muito, como se nada tivesse mudado, e tanto podemos ter 30 anos como 3.

E tudo graças a um saco de pão pendurado numa porta, cancela ou portão. =D

pinguim disse...

Referindo-me ao post anterior, o que é isso de morte súbita?
Tem juízo e deixa a morte súbita para quem não faz falta à blogosfera...combinado?

Lima e Tequilla disse...

Também me sinto assim. É aquela sensação de confiança em que se pode pôr lá o dinheiro dentro do saco e ninguém vai roubar nada. Mais tarde tem-se o saco cheio de pão e com o troco e ninguém enganou ninguém. Isso e passarmos naquelas aldeias e cidades muito pequenas do interior e as portas estarem abertas. Dá a sensação que a maldade do mundo ainda não chegou àquela zona =)

caracois dourados disse...

Aqui onde moro também acontece isso. E as pessoas também deixam as portas abertas e ajudam-se umas as outras nos campos e eu muitas vezes até a chave no carro deixo. É a vantagem de morar numa aldeia pequena.
Mas uma sensação de paz muito maior vive-se na Festa do Avante :)

Mushroom disse...

É exactamente o que a Lima e Tequilla diz! Quem dera que se pudesse ter essa sensação em todo o lado! :)

Briseis disse...

Não sabes explicar porquê? mas é elementar... porque enquanto lá estiver o saquinho do pão, significa que ainda não passou ninguém que o roubou... É maravilhoso. Tens sorte. Cá na terrinha já não se usa disso...

Bípede Falante disse...

Por que elas têm aroma de infância???

luisa disse...

Eu acredito na ressureição... e um blogue ressuscitado é algo que inspira tanta paz como uma saco de pão pendurado na porta do vizinho... :))

Johnny disse...

A sensação de paz advém do facto de saberes que apesar de tudo, mesmo que com a crise venha a fome, terás sempre pão à borla!

sem-se-ver disse...

nem sao precisas explicaçoes. paz, mesmo.

Petra disse...

Sinto o mesmo, e aqui vê-se isso! beijo

Brown Eyes disse...

E aos ladrões uma indicação que não está ninguém em casa, falo do saco do pão pendurado nas portas. Cuidado que os tempos seguros já lá vão. Agora nem os fios de telefone estão seguros. Modernices!
Beijinhos

Xuxi disse...

I know em Lisboa até há cerca de uns 10 anos ainda havia isso à minha porta...o meu padeiro foi um dos últimos padeiros de profissão.

djamb disse...

Aquela nostalgia...!