quinta-feira, 3 de março de 2011

Toda a gente que entra nas instalações da Segurança Social

 envelhece imediatamente 10 anos. Algumas chegam a envelhecer 15, e algumas (pasmem-se) chegam a envelhecer 20. Lá dentro ninguém tem bom aspecto. Todos têm cabelo baço e roupa frouxa. Só se vêem expressões de derrota e de velório. A louraça sexy assim que passa pela porta, transforma-se numa feirante de roulote de farturas com uma raiz preta de meio palmo. O senhor cinquentão cheio de charme e que até está bem conservado para a idade (sim senhor), assim que passa pela porta já vem de andarilho. O bebé que vem todo sorridente ao colo da mãe, assim que passa pela porta contrai gripe e começa a berrar de sono. Não há escapatória. É como entrar numa dimensão alternativa onde vários universos se fundem, cruzam e descruzam, tudo no espaço de 3h de tempo médio em que se está à espera.
Como minorar os males desta situação? Eu digo, porque ao contrário do que se diz por aí, sou mesmo porreira, pá. É simples:
Kit de sobrevivência para uma ida à SS:
.iPod com a bateria fully charged
.um livro (qualquer coisa que passe das 500 páginas)
.uma amiga que não se importe de estar connosco 3h ao telefone
.um puzzle de 10.000 peças

20 comentários:

Julia disse...

Esqueceu-se dos 5 litros de soro.

Mushroom disse...

Levar o portátil com bateria carregada e colar a ver episódios de séries! Done that! =D

iPlagiator disse...

e agua
mantimentos liquidos e solidos também

e usa o kit para o centro de emprego tambem

Briseis disse...

Verdade. Muito verdade... nem sei como ainda ninguem se lembrou de fazer um documentário sobre o assunto.

S* disse...

O Centro de Emprego é igualmente deprimente.

Cate disse...

rezo para não ter que lá ir tão cedo.

Brown Eyes disse...

ahahahah Já encontraste solução mas leva também o portátil, nunca se sabe. Sempre poderás ir vendo uns vídeos no you tube de humor, dão uma ajudinha.
Beijinhos

Louco disse...

Eu levei ipod. Daí continuar excepcionalmente bem parecido.

disse...

:) ... uma farturazinha agora caia muito bem ... muito bom o post :)

PFIA disse...

E uma conjuntivite para ver as peças do puzzle desfocadas...

Elsa disse...

Como Eu te Compreendo, de cada vez que vou à SS não fico lá muito tempo, porque vou para a Tesouraria, mas aque aquilo dá cabo de mim, ai isso dá e sim eu também acho que toda a gente que entra para a SS fica Velha!

Doce Melancolia disse...

Falta uma caixa de calmantes. A última vez que lá estive, em duas horas chamaram 7 números (da minha senha) o.O Tive que desistir, era o número 94 e ainda ia no 36 LOOOL. E lá fiz a minha boa acção, entreguei a senha a uma senhora que estava ao meu lado que tinha a senha 123 (coitada...).

sophia disse...

Eu fui para lá com o dossier e preparei uma aula enquanto esperei. Tem de ser, porque é mesmo como dizes

Noir disse...

Um cesto de picnic. Não queremos desmaiar quando chegar a nossa vez. ahah

caminhante disse...

ainda hoje, a minha colega chamou cancro à segurança social. esteve para lá toda a manhã. eu não concordo. para mim, é mais sarna. porque coça, ai coça, coça.

Vitor disse...

Bom carnaval…escrevendo sátiras a quem de direito!

Bj*

Ême disse...

ahahahaha
"uma amiga que não se importe de ficar 3 horas ao telefone"


Quem te dera ter uma amiga dessas pah. Vá, vai lá enfardar-te de lombo à chulington e enfrascares-te de tinto. Não abras é o mail, tá? nada de cacarejar por lá....

Paulo Leite disse...

evita-se o ipod se houver vontade de ouvir as vozes que de vez em quando se levantam para dizer umas bacuradas que no seu desespero lá vão divertindo quem espera...

Anónimo disse...

Bem, é assim tão mau? Até conheço quem por lá trabalha há vários anos e continuam belas e poderosas! :)

Little Emotions disse...

Não sei porque é que foi anónimo, mas fui eu quem fiz o comentário anterior!