terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Ver gente com a mania que é fina de verniz estalado

é quase tão bom como partir com a colher aquela capinha de açúcar caramelizado que cobre o leite creme (sim, tal e qual o filme da Amélie, tal e qual).
As pessoas que nunca se enervam, que nunca se exaltam, que nunca dão um berro e que tentam sempre e a qualquer custo manter um aspecto exterior de serenidade e de controle das situações, são aquelas que aos 50 anos caem para o lado acidente vascular cerebral.
Até pode não sair um piu, mas as mãos tremem um bocadinho, os lábios cerram ligeiramente, as veias das têmporas ganham vida própria e é aí que  eu sei. Aquela pessoa quer explodir num grito mas a etiqueta  de boas maneiras não lho permite. Aaaaah gentinha recalcada.

Não sei porque é que estas coisas me dão prazer, mas à pala desta porra, o meu psiquiatra reforçou-me a medicação. Eu agradeço. 

21 comentários:

Manuel disse...

Irritar essas pessoas ainda é melhor :).

Nuno Bernardo disse...

Pessoas que andam mascaradas o ano inteiro e que se escondem para manter uma reputação que não têm. Também não suporto!

Helena disse...

eu sabia que ser casca grossa tinha as suas vantagens.

S* disse...

ahahah

És má com as cobras... e fina como os ratos! :D

Petra Pink disse...

hahaha e conheço uma tal e qual... pa...
Genial.

€%$@ disse...

E o olho a tremelicar, oh pá, tão bom!

Essa gente gosta de dar um ar superior, de "oh pra mim a ser superior, a ignorar" mas lá por dentro vai um fervor maior que o vulcºao da Islândia.
Ninguém discute, ninguém arma escândalo, é tudo muito comportado, mas depois chegam a casa e desamigam-nos do facebook com uma pinta, ui...

I. disse...

É tão libertador, mandar um berro.

Elsa disse...

Ainda Bem que Eu fervo em Pouca Água, que isso de ser assim tão Bem deve ser SUPER Irritante!

Poetic GIRL disse...

Eu sou uma desgraça, perco logo a compostura, não sou nada lady.... bjs

Nokas disse...

Grita!!

Lazy Cat disse...

lol também me dá um gozo tremendo.

Será que também devia ir ao psiquiatra? =P

Johnny disse...

Como diziam no Seinfeld: "Serenity now!"

E como dizia um dos personagens que tinha regressado do manicómio: "Serenity now, insanity later."

o anão gigante disse...

Com essa ganas ainda vou dedicar-te uma foto no blogue :)

Tulipa disse...

serenidade, eu quero serenidade, eu quero!! ;)

Catarina A disse...

Giro é quando essas pessoas se passam e fazem uma cena daquelas. É melhor do que ir ao cinema!

Beijinhos *

Catsone disse...

Infelizmente são uma das espécies em extinção.

B disse...

Oh... vocês são do piorio. Deixá-los lá fazer as suas poses. Agora ir por de propósito o dedo na ferida, não se faz... Essa gente já tem problemas que chegue.

Anónimo disse...

Eu por acaso considero-me uma pessoa contida, educada, que raramente levanta a voz e que aparenta ser sereno. Fiquei preocupado com o AVC :) pois esta falta de exteriorazação só me faz mal mas não sou assim por ter a mania que sou fino. Sou, porque sou simplesmente sem nenhuma razão (acho eu) O que já originou "explosões" momentâneas que surpreendem toda a gente, mas que são incontroláveis e são sempre perante injustiças e daqueles filhos da puta que querem ser (ou se julgam) mais espertos.
Não sei se esta atitude é vista como arrogância ou manias mas falando apenas por mim, não é mesmo. Com o tempo tenho aprendido a exteriorizar mais e não ferver por dentro...vamos ver se não morro aos 50.

Quanto é a consulta? :)

De qq maneira os que estalam o verniz e se exaltam por tudo e por nada também precisam de acompanhamento. Não é normal andar a gritar com tudo e todos. No trânsito então...uns calmantes ajudavam. E esses também dão prazer picar...

Brown Eyes disse...

Eu normalmente sou calminha, educada mas há situações que me põem fora de mim tais como: a mentira, a injustiça e a falta de respeito e...depois...fujam que a polidez acabou.
Beijinhos

pinguim disse...

Mais vale a pena ir explodindo de quando em vez, de que fazer "pum"!
Deve ser por isso que já passei os 50...

Caia disse...

Tenciono passar dos 50... :D