quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Afinal houve um proposito práctico no facto de ter visto os SAW, os Hostel e o Cube e assim

que foi exactamente eu ser preparada de forma suave para desentupir hoje o ralo do chuveiro. Aguentei ali firme. E o mais fantástico é que basta uma chave de fendas e umas luvas para que tenhamos acesso a toda um novo ecossistema palpitante/horripilante. E ainda vos digo mais, se eu tivesse filmado esta minha pequena operação, podia fazer uma curta-metragem na categoria de terror digna de ganhar palmas de ouro e outras coisas dessas. Vou pensar nisso. A brincar a brincar, sou bem capaz de ter descoberto a minha verdadeira vocação. Canalizadora/cineastra. As duas. Como quando as meninas pequeninas dizem que querem ser médicas/cabeleireiras.

12 comentários:

Bloguótico disse...

Humm... só me falta aventurar-me na questão do ralo do chuveiro, pk os filmes também já os vi! :p

Luna disse...

os filmes d'O Cubo são uma miséria de tão secantes, credo! mas os Saw são fixolas. achas que consegues melhor que os Saw?

€%$@ disse...

Antes assim! Se fosses fã de Donas de Casa Desesperadas, chamavas o canalizador lá a casa para o engatar...

Helena disse...

Bem, mulher de coragem!
Como em questões de terror, só gosto de ficção, opto sempre pelo Forza, muahah!

I. disse...

Credo. Até me arrepiei. Antes ver os saw que desentupir o ralo da banheira (e como eu detesto filmes de terror).

Poetic GIRL disse...

Ui Ui imagino o terror! beijoca

Tulipa disse...

Nos tempos que correm é bom descobrir que temos vários talentos! Fico à espera da curta!

Rafeiro Perfumado disse...

Cabe-me a mim, macho da casa, aventurar-me pelas profundezas dos ralos lá de casa. Só te posso dizer que ao pé de mim o Carl Sagan é um menino, tal a amplitude das minhas descobertas!

Doce Melancolia disse...

Ou eu sou uma insensível do caraças ou, não sei... É que sou bem capaz de ver os SAW e os CUBE sem me dar a volta ao estômago ou sem ter medo de sair à rua porque possivelmente vou ser sequestrada por um psicopata qualquer que não tem pilinha para brincar e então constrói umas coisas maradas para torturar as pessoas.
Nojento e totalmente traumatizante foi o que tive que ver ontem num episódio de Family Guy: o Cão a comer o cócózinho que o Stewie fez na fralda e ainda lamber o rabiosque do menino. Epah, isso é que não!

Margot disse...

Doce, também vi. Mas opá, o Brian não tinha toalhetes. Não havia outra hipótese. :p

Elsa disse...

Olha Viste, a Nossa Vocação está onde Menos se Espera! Força Nisso!

Brown Eyes disse...

Sei o que viste. Já fiz o mesmo. Lembra-te que e adoro ser auto-suficiente então....Beijinhos