quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Hoje, quando vi a brigada de trânsito

senti uma pontada de pânico, como sempre. Deve ser aquela coisa do instinto de defesa animal ou qualquer coisa do género. Mas depois lembrei-me de que não ia bêbada (por acaso), nem tinha 2kg de haxixe debaixo do banco (por acaso), nem nenhum cadáver na bagageira (por acaso). Suspirei de alívio, limpei as gotas de suor da testa com a palma da mão e passei por eles cheia de uma confiança desafiante. Sorri-lhes e tudo.

26 comentários:

AC disse...

Anouc,
É caso para dizer que hoje foi dia de greve geral ao álcool, ao haxixe e aos ajustes de contas... :)

beijo :)

Catsone disse...

Ai se eles soubessem...

Cat disse...

E a arma? Não levavas uma arma no assento do pendura?? Eu, é sempre...

Lady Me disse...

LOL, engraçado que quando passo por eles, mesmo sabendo que não estou a fazer nada de ilegal sinto pânico. Deve ser mesmo algum instinto animal de protecção.

Louise disse...

Eu sou ao contrário... fico sempre à espera que me mandem parar para inspecionarem os documentos mas nunca acontece. Lá devem achar que não tenho ares de criminosa..

A Paraíso disse...

E aquela ideia de fazer cara-de-inocente, mesmo quando não se é culpado de nada?! Será um trauma qualquer que causa medo das autoridades???
E quando somos mandadas parar nas operações stop? Temos a papelada toda, mas entramos em parafuso na mesma! Apesar de sóbrias, sem estupefacientes e com o sangue bem limpo da bagageira...

S* disse...

Nada a esconder... visto que os pensamentos macabros não são crime. :P

Elsa disse...

Isso é que foi, hã! Grande Mulher Coragem! Até foste capaz de Sorrir para os Senhores Agentes!

Brown Eyes disse...

Ahahahah Hoje é que podias portar-te mal, estão em GREVE!!!! Imaginas o que me ri?
Beijinhos

Sadeek disse...

Gaja que é gaja safa-se sempre pá. Falas de barriga cheia... ;)

Helena disse...

E não tinhas ar de suspeita (por acaso).

Maggy disse...

É bom sinal.Sinal que lavaste os dentes.

Vai que não o fazias e sorrias com uns dentes cobertos de uma pasta de sangue.

Muito bem.

Fresco_e_Fofo disse...

Eles hoje estavam em greve de zelo, não multavam ninguém. Podias (devias lol) tê-los atropelado, que nem ias presa lol.

Johnny disse...

Este post teve piada (por acaso)

Ricardo disse...

Ainda bem que hoje decidiste livrar te do corpo antes de conduzir, e que traficaste logo o Haxixe xD

Rei da Lã disse...

Tiveste sorte.
Na ocasião não estavam bêbados...

Claudia disse...

Aaaahhhh, adorei a confiança desafiante! :)

pinguim disse...

Eu ando em pânico, se eles me apanham... e também não é por causa das razões que apontas.

Petra Pink disse...

e o facão de talhante levavas? hahahahahahahhahaahahah beijinhos.

o anão gigante disse...

Não brinquem, esta mulher é perigosa.

Shadow One disse...

Olha, eu é que não lhes ligo mesmo nenhuma. Ás vezes até têm de apitar para me chamar á atenção. E mesmo assim... ainda fico indeciso.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Anoucamiga

A estória é sintética, mas diz tudo, é bué da fixe e é uma ganda cena! (okeu aprendo com os meus netos...)

E a GNR é ex-celente, as patrulhas da estrada são eficientíssimérrimas, os agentes tratam agente, perdão, a gente, com cordialidade, aprumo, qualidade, compreensão, idoneidade, solidariedade, enfim Amizade.

Daí não entender a tua angústia, ainda por cima em dia de greve geral. Geralmente, há que ter sangue frio q.b. e, já agora, também do quente.

Amiga

Chego aqui e estou muito satisfeito por te ter encontrado. O teu blogue é muito interessante, e bem escrito. O que, para mim, que sempre ganhei a vida a produzir prosa tão honesta quanto possível, (sou jornalista e dizem que também escritor, dizem…, e aos 69 anos não me sinto velho) é motivo acrescido de satisfação. Mas sou também alegre, bem disposto, brincalhão, adoro viver assim, adoro a minha família.

Espero que me retribuas a visita e deixes comentários na Minha Travessa. E, já agora, que te tornes minha (per)seguidora. Não é pedir muito… Obrigado

Qjs = queijinhos = beijinhos

NB – Peço-te desculpa por este comentário ser tão longo; mas tenho de referir que é um texto base, ainda que com algumas apreciações individuais e específicas. Infelizmente não sou dono do tempo, e a sê-lo seria uma chatice… Para que não haja dúvidas. Mas, é sincero.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Sahaisisamiga

Galena da minhalma, gostei disto. Palavra donra que gostei mesmo.Muito.

De medicina sei um zero, naturalmente à direita da vígula; mas também pode ser à esquerda.

De camaradagem, de cumplicidade, de solidariedade, de companheirismo, de Amizade, sei algumas coisas. Poucas...

Por isso, te compreendo. E subscrevo o teu texto, por baixo, se não vires inconveniente. Se vires, também assino. Prontos, sem s.

À volta kátespero. No meu barraco, é claro. Com comentários e (per)seguição.

Qjs = queijinhos = beijinhos

Amelie disse...

Eu quando os vejo fico preocupada por um único motivo: será que me vão multar por excesso de velocidade? É que já aconteceu e apesar de eu agora ter muito mais cuidado há sempre a possibilidade de uma pessoa se distrair e acelerar um pouco mais quando está com pressa.

Manu World disse...

lolol
boaaaaaaaaaa!!!!!

psic-lógica disse...

Também fico nervosa, mas gosto que me mandem parar, principalmente quando vou de scooter e me pedem a licença...
"licença, hmmm, licença não tenho"
"pois é menina, pois é..., e agora?"
(faço cara de totó e respondo)
"agora tenho aqui a carta que tirei há 8 anos..."

(ps, a licença é para quem tem entre 14 a 16 anos, isto aconteceu tinha eu 23 ...)

para que a pontada de pânico? (eihn.. esqueci-me de que não podia fazer perguntas ...)