quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Pareces mesmo uma bruxa!!

 disse-me a minha mãe. Sempre a querida mimosinha do costume, ela.. "Já me viste bem esse cabelo?!? Tão comprido! Fica-te mal. Há quanto tempo não o cortas?... "Um ano, prá i"... "Credo! Pareces mesmo uma bruxa!".
Após breve contemplação em frente ao espelho conclui que ela tinha razão. Até na parte de parecer uma bruxa.
E como eu gosto tanto de ir ao cabeleireiro como de ir ao dentista (aliás, para mim é exactamente a mesma coisa), resolvi fazer eu o serviço. Assim à bruta, com o cabelo seco e tudo.
Julguei eu que a coisa não requeria grande ciência. Bastaria cortar um bocadinho em cada ponta, com a benesse de que como é encaracolado, mesmo que fiquei meio selvagem, fica sempre bem (Oh yeah, é mesmo assim). E tal como em tanta coisa nesta vida, eu estava totalmente errada. Ficou uma valente bosta! Fudassss. Está mais escadiado de um lado que do outro e mais comprido de um lado que do outro. Mas enfim, nada que não se resolva com um chapéu de abas largas... muuuuito largas.
Mas o importante mesmo é não entrar em pânico. É apenas cabelo... cresce rápido e este erro serviu para que eu aprendesse uma coisa ou outra... para a próxima experimento de outra maneira. Sim, porque vai haver uma próxima. É só deixa-lo crescer um palmo.

nota: prometo que nunca mais volto a escrever três posts num dia. For your sake.

 pic by  signyn

20 comentários:

L'Enfant Terrible disse...

Acho que podes tentar a sorte no mundo dos cabeleireiros, dizendo que fazes cortes faschion!

Ricardo disse...

LOL! não sei de quem tive mais pena, se do espelho, se do cabelo, se de ti xD. eu nunca arrisquei tal coisa, e pretendo não o fazer tão cedo.

Lady Me disse...

Corajosa! Eu já não corto o meu desde Janeiro. Já tive gana de fazer isso, mas achei melhor não! Ia ser um desastre e ao contrário de ti, não me conformaria, ia chorar 15 dias!

D disse...

Então como eu gosto de ti, mesmo que sejas feia, vou-te dar uma dica que é priceless..quando quero sou um docinho!
Não queres gastar euros no cabeleireiro? Queres cortar umas pontas sem parecer uma idiota que passou bons momentos com o eduardo maos de tesoura?
Cabelo molhado, atas o cabelo com um rabo de cavalo bem puxado no cimo da cabeça.
Depois tesoura assim sem medo nos centímetros que queres cortar.
Está feito, e fica perfeitinho.

anouc disse...

Oh D, beijo nessa boca pá!! :D

Faço isso para a próxima... se não resultar, vou buscar a minha catana ao armário e depois temos uma cUmBersa. Eu, tu e a catana. -.-'

Cate disse...

Também tenho que cortar o meu, agora que falas nisso.

D disse...

Eu nasci para ser nancy, palavra de D, mais nada :)

Pinkk Candy disse...

tenho ali uma barbie, é melhor experimentar antes nela a técnica da D.

;)

Brown Eyes disse...

ahahahah Fizeste um corte à Anouc? Deve estar cómico, de certeza. Beijinho

ps no tempo em que era uma gaiata fazia isso, faltava o dinheirito, mas não arriscava muito, não passava da franja. Beijinhos

meldevespas disse...

:loco:
partilho a tua aversao ao cabeleireiro...e sim, tb ja me aventurei no corte e costura alone. Com cabelo liso e fino como o meu, o resultado ´´e mesmo desastroso. Queres uma dica? Vais cortando ate estar todo certinho, entendes? Uma tesourada aqui pra acertar, logo outra ali que ficou uma ponta, e assim ate estar todo certinho. Pronto. Beijinho

Helena disse...

Se pudesse escolher entre arrancar um dente do siso e cortar as pontas dos cabelos, preferia arrancar o dente...
Quando andava na escola muitas vezes fazia como a D disse, um tótó e pimba.
Agora, simplesmente faço rezas aos deuses para que o corte no cabeleireiro me corra bem. É que já me aconteceu muita desgraça!

AMC disse...

Cabelo personalizado, minha querido. É isso que tu tens: cabelo à tua medida! :)

Lazy Cat disse...

Rico serviço. Agora pareces uma bruxa com um mau corte. lol

Eu gosto de ir ao cabeleireiro, adoro que me lavem a cabeça, quase adormceço ali. E o cabelo fica mais fofinho por um dia ou dois. Ás vezs dá-me vontade de ir lá só pra isso. Mas estar a pagar só pra me lavarem a cabeça é um bocado parvo. E se passo a vida a cortar as pontas, o cabelo nunca mais cresce.

Paulo disse...

O cabelo é o menos. Nada como uma ida ao cabeleireiro para resolver a questão.
O problema é, uma vez que gostas tanto de cortar o cabelo como arrancar dentes, se te lembras de arrancar algum dente que esteja a doer à tua conta...

S* disse...

LOL

Que comentário mais engraçado a tua mãe fez... simpatia a dela. :P

Fresco_e_Fofo disse...

Com uma mãezinha assim, quem é que precisa de madrastas eheheheh.
compra uma máquina de tosquiar cães (como eu fiz) e passas a usar cabelo rapado.

Maggy disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maggy disse...

Para já para já...

A minha mãe disse-me o mesmo. Só que o meu cabelo é comprido (bem comprido) e liso. Fui ao espelho e vim de lá encantada. É verdade! Vou ao cabeleireiro uma vez no ano, se tanto. Quando me lembro, portanto.

Não aprecio ir ao cabeleiro. Concordo! Mas a parte de comparar uma ida ao cabeleireiro com uma ida ao dentista! AI! Reza para que não te fisgue na minha cadeira! Guincharás com razão!!!!


Tenho dito!

Dora disse...

Wear it with an attitude!

Elsa disse...

Eu também ODEIO ir ao Cabeleireiro, por isso ADMIRO a tua Coragem! Já disse e Volto a Dizer e Voltarei a Dizer: GRANDA MULHER!