sexta-feira, 2 de agosto de 2013

A vida proporcionou-me

a oportunidade de esmagar 13 aranhas em menos de cinco minutos. Eram de vários tamanhos, feitios e de diversas densidades de massa corporal. Algumas ficaram enroladinhas, outras foram transformadas numa mistela lodosa. Espero estar a ser gráfica o suficiente para que me percebam. Não me obriguem a colocar fotos na próxima vez.
E durante esses cinco minutos eu tive a seguinte clarividência: "Anouc pah, isto é como viver na Austrália, sem tirar nem por".

10 comentários:

Francisca Prieto disse...

Like, pá.

Alma Perdida disse...

Se este post metesse cangurus é que era. Não queres esmagar um e editar o post? :D

anouc disse...

Ou crocodilos, Alma... :D

S* disse...

Mas que nojo, mulher.

Efrem Miranda disse...

na austrália não conseguias esmagar nenhuma. são quase maiores que nós... acredita.

Petra disse...

Foda-se que nojeira pá...

iltonsantana disse...

Legal!

Mary Brown disse...

Para ser como na Austrália aranhas já tens, agora só falta o resto. Temo é que esse resto seja tão grande que dificilmente consegues viver lá. Melhor mesmo é apanhares o avião. Beijinhos Anouc

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

Kruzes Kanhoto disse...

Vai ter os amiguinhos dos animais à perna!