quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Do 80 para o 8



E no espaço de mais ou menos uma semana perdi completamente a pachorra para estes cinco.
Entre as crises existenciais do Ted com the One this e o the One that e a Robin que não se decide e ora has feelings por um, ora has feelings por outro, o que acaba por sobrar é um humor requentado (não confundir com requintado) que era muito inovador nas primeiras seasons mas que agora é apenas mais do mesmo.
Sempre que vejo séries chegarem a este ponto, lembro-me de  uma entrevista que vi com o Jerry Seinfeld há uns anos. Quando lhe perguntaram porque acabou a série Seinfeld quando esta estava no pico das audiências e era já um fenómeno à escala mundial, ele fez uma analogia comparando a sua série a uma magnífica refeição num casamento. Estava tudo óptimo, a comida estava deliciosa, mas depois fica-se mal disposto porque se comeu um pouco demais e isso acabou por arruinar tudo. Ele quis terminar antes do ponto "little bit too much". 

Fica então o meu recado à produção do How I Met Your Mother: That's WAY too much!

13 comentários:

Briseis disse...

I know exactly how you feel...

Analog Girl disse...

Não podia concordar mais contigo A 7ª temporada parece uma enorme espera para nada. E sim, é humor requentado das seasons anteriores sem ponta de originalidade e interesse. Prova disso é que revejo com gosto as temporadas antigas e esta não me aquece...

Rita Maria disse...

Siiim....

(agora eu gosto é da Robin, agora tu gostas é da Robin, agora eu, agora tu, agora eu, agora tu, agora ela, agora tu, agora eu, agora....)

Cate disse...

É uma pena que isso aconteça. :(

Lazy Cat disse...

Infelizmente, tenho de concordar.
Acho que o problema também passa por já sabermos os desfechos todos. Já sabemos que a Lily e o Marshall continuaram sempre juntos, já sabemos que o Ted acaba por conhecer a Mother, e sabemos também que só a vamos conhecer no último episódio. Resta o Barney e a Robin, que na season passada nos fizeram o favor de dizer que também acabam juntos.
Agora é só encher chouriço, claro.

Adoro-os, mas isto já devia ter acabado na season 7.

A Força Suprema disse...

Sempre pertinente, raio da Anouc!

S* disse...

Não consigo gostar da série nem por nada.

Brown Eyes disse...

Ora aí está uma boa conclusão que todos parecem esquecer. Comigo acontece isso várias vezes, posso gostar de uma série mas quando essa série passa em todos os canais ou nunca mais tem fim fico enjoada. Beijinhos

L!NGU@$ disse...

Põe um botão de like nesta porra, que não me apetece comentar a dizer que falaste bem e bonito.

O Sexo e a Idade disse...

Esta ultima serie parece uma pastilha elástica que já perdeu o sabor; continumamos a mastigar até a deitarmos fora de vez!

Lazy Cat disse...

A propósito de HIMYM (not really, mas ok), quando tiveres quarenta minutos que não precises para outra coisa,
vê isto, pode ser que gostes:

http://www.youtube.com/watch?v=qVBjS22ppdw

(não há meio de me lembrar como se põe o link clicável)

grassa disse...

Nem tudo o que repete fórmulas é mau. Olha a pornografia.

Mas sim, neste caso concordo. E o Neil Patrick Harris e o Jason Segel merecem mais e melhor.

siceramente disse...

Fui eu que pensei isto e tu escreveste, quando é que visitaste o meu cérebro?