sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Se não tivesse medo que me riscasse o carro, já lhe tinha ido às trombas

Sou das primeiras a chegar ao parque... um carro aqui, um carro ali. E o retardado do arrumador a fazer sinais de "estacione aqui, aqui, aqui!!". E de tanto esbracejar quase que voa.  Depois fica furioso por eu ter escolhido um dos 58624 lugares disponíveis em vez do sitio que me indicou. E para lá fica a refilar, a dar pontapés nas pedras e a rogar-me pragas.

9 comentários:

Panda disse...

Detesto. Acho que ninguém gosta mas eu nem que tenha de estacionar mais longe para não ter de os aturar. Arre!

Lazy Cat disse...

Esses seres são uma praga. E o que mais me chateia é mesmo essa arrogância, esse achar que são desrespeitados só porque não estacionamos onde dizem.
Fossem mais simpáticos e fosse a intenção deles realmente ajudar nos estacionamentos, eu até lhes dava uma moeda de bom grado. Mas como se costuma dizer, you get what you give.

Ana disse...

Há um na zona onde mora o meu pai que já me obrigou a chamar a polícia, pois desatou aos pontapés à porta do meu carro por não lhe ter dado moeda, quando ali se paga parquímetro.

Gi disse...

Nunca dou moedas aos arrumadores, muito menos aos da minha zona de residência e, pior ainda, quando há os ditos 500 lugares disponíveis. Os arrumadores da minha rua já me conhecem, já conhecem o meu carro, sou a mal educada que manda bocas...em resultado disso há poucas semanas ganhei um espelho retrovisor desfeito (mas continuo sem dar!)

Pipoca Mais Picante disse...

Querida Anouc, vai ver que no dia em que lhe for às trombas, ele nem vaui piar e muito menos riscar o seu carro. Essa gente é parecida com os anónimos da blogoesfera.

Manuel disse...

Maldita raça. Apetece-me, sempre, falhar o estacionamento e passar por cima do "ajudante".

Barroca disse...

esses tipos são uma praga! além da moeda, ainda tentam sempre cravar ao cigarrinho "ó chefe". :D

OutraMaria disse...

Raios partam sao uma raça, e so aparecem para nos chatear... detesto, eu cá estaciono onde me dá na gana e de preferencia longe desses gajos ressacados.

midgarden disse...

Eu culpo todos aqueles que dão dinheiro. O problema desta praga (sejam arrumadores ou drogados que andam na rua a pedir) são as pessoas que dão dinheiro. Se ninguém desse, isto não existia, como alguns dão, isto continua.

Nas minhas viagens do trabalho para o metro apanho muitas vezes drogados a pedir dinheiro e muitas vezes são bastante insistentes e agressivos no seu discurso. Tenho um colega que já nem usa este caminho por causa disto. As pessoas não podem ceder a este tipo de terrorismo psicológico.

Se pararem para pensar isto não é muito diferente do conceito de 'Bully' que anda a roubar o dinheiro do lanche. Criar uma sociedade melhor é um trabalho de todos portanto PAREM DE DAR DINHEIRO A ESTAS PESSOAS!

Obrigado