quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

O natal é unicamente a respeito de três coisas

família, álcool e hidratos de carbono. As três coisas em doses descomunais, se possível.
Esqueçam a correria dos presentes, os amuos do "não era bem isto que eu queria", a chapada do "dá para trocar?", o "então eu dei-lhe um relógio e ela dá-me um cachecol?!?", "Oh caralhinho! Potpourrie? Mas isto ainda se usa?!?".
Pá, a sério, que tristeza. Esqueçam lá essas pentelhices.

12 comentários:

Fresco_e_Fofo disse...

Ainda assim, o melhor do Natal é encher a mula de porcarias.
Em Janeiro logo fazemos dieta. looool
Bom Natal.

Johnny disse...

Eu continuo a achar que o natal consiste em 3 coisas: as prendas, a família e os doces (não necessariamente por esta ordem de preferência).

I. disse...

E a gorduranga, hein? os bolos não se fazem sem manteiga, e os sonhos não se grelham.

Feliz Natal ;)

Petra Pink disse...

Totalmente de acordo!
Pentelhices a parte, comer, estar com a família, bons copos de vinho e muito muito amor para dar e receber!

sem-se-ver disse...

bom natal, miúda. beijinhos

Vitor disse...

Venho por este meio informar que já me encontro disponível para receber prendas de natal. Evita as filas e as correrias no acto da entrega, aceito cheques visados, dinheiro vivo, roupa de marca, telemóveis topo de gama. Até vivendas de luxo…
Despeço-me aguardando o teu presente. Como deves estar tesa como eu, aceito do coração, um simples sorriso.

Boas festas

Maggy disse...

Se a base do natal não fosse "encher o bandulho até fazer bolinhas no nariz" o Pai Natal tinha menos uns quilos. Digo eu!

Rabanadas, mexidos, aletria, docinhos macrobióticos ou o caralinho.... come to momma!

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

afirmação:

além de não se conseguir copiar
excepto por captura

o natal são quatro coisas
família dos outros
álcool dos infiéis destinados à churrasqueira infernal
e carbo-hidratos para chegar mais depressa via coronária

e gordurinha na comida na barriga e noutros lugares que pode ter vantagens ou desvantagens

dependendo do tipo de animal que as consome
e por quem consome o dito animal

pinguim disse...

Ácido, mas cheio de verdade.

Anónimo disse...

Il semble que vous soyez un expert dans ce domaine, vos remarques sont tres interessantes, merci.

- Daniel

NrowS disse...

E aquela do "Oh foda-se, dia 25 e está toda a gente a olhar para a televisão, ninguém fala, ninguém se diverte, ninguém aceita outras sugestões, sinto o cérebro a parar!"
Posso ao menos ficar aborrecido pra caralho com isso, posso?

Elsa disse...

Eu sobre o Natal de 2010 só tenho uma coisa a dizer: Porra Comi tanto, mas tanto que ainda me sinto Cheia!